Danni Suzuki

A atriz e apresentadora se alegra em atuar ao lado do filho Kauai (7) e revela, também o seu lado humanitário através do projeto com crianças refugiadas da Síria!

Danni Suzuki – Foto Adalto Jr.

A atriz Daniele Suzuki é consagrada nas telinhas e nas telonas, começou na carreira como garota propaganda da Coca Cola e depois emendou várias novelas globais, desde Uga Uga, seu primeiro folhetim, passando pelo seriado Sandy e Jr., pela novela teen Malhação e, em produções como Bang Bang, Pé na Jaca, Viver a Vida, entre outros. Como apresentadora esteve à frente dos programas como “Pé no Gelo”, “Mandou bem” e “Tribos” da “Multishow”.

A carioca tem várias vertentes de si mesma, além de atriz e apresentadora é dançarina, diretora e mãe. Divide todos esses papéis com o trabalho voluntariado junto as crianças da síria, em campo de refugiados, projeto que está transformando no documentário realizado sobre o olhar da criança refugiada: “É uma experiência muito forte, sensível e extremamente necessária”.

Para conciliar tudo isso a sua rotina, “Medito, rezo, trabalho minha inteligência emocional e peço a Deus para me dar saúde”, esclarece. Confira a entrevista na íntegra.

Expressão: Já viajou ao Líbano, para ajudar as crianças sírias em um campo de refugiados. Como se manifestou esse despertar em você, esse amor maior, que a motivou para ser voluntária e a ajudar crianças órfãs. Conte-nos como é o projeto?
Danni Suzuki: Faço trabalhos sociais há 20 anos atuando em comunidades, mas há um pouco mais de três anos me envolvi com as crianças refugiadas. Estou dirigindo um documentário sobre a vida delas em campo. Entendo que atender crianças, sejam elas refugiadas ou não, é uma urgente necessidade se desejamos que no futuro próximo nossa humanidade seja composta de adultos que contribuem para um mundo construtivo, para um mundo melhor. Ajudar o próximo é para mim uma oportunidade de crescer enquanto ser humano.

Expr.: Está trabalhando em um documentário sob o olhar da criança refugiada, para isso já viajou Turquia, Líbano e Siria. Quais regiões ainda pretende explorar? E como está sendo vivenciar essa experiência?
D.S.: É uma experiência muito forte, sensível e extremamente necessária. Ainda vou em alguns lugares na África, Europa e outras áreas da Ásia. O documentário virou uma série, onde as crianças refugiadas ou desacompanhadas apresentam do jeito delas o mundo em que estão vivendo.

Danni Suzuki – Foto: Adalto Jr.

Expr.: Nesta última Páscoa atuou com o seu filho Kauai, 7 anos, no espetáculo teatral “Paixão de Cristo”, em Floriano, no Piauí. Gostou de interpretar Salomé na peça? Como foi a experiência de atuar pela primeira vez ao lado do filho no segundo maior teatro a céu aberto do Brasil?
D.S.: Foi uma experiência linda que jamais esquecerei. Me apresentar ao lado do meu filho, vendo ele vivenciar todo aquele espetáculo para 10 mil pessoas, sentindo na pele a história de Jesus realmente foi muito forte! Fazer a Salomé também me trouxe muitas emoções! Danças a céu aberto para tanta gente em meio a tanta emoção foi grandioso!

Expr.: Kauai sempre se interessou pela encenação? Como percebeu que essa também era a paixão dele?
D.S.: Ele tinha experimentado atuar em curtas, numa produção bem menor, no estilo caseiro. Se apresentar no teatro gerou muita timidez no ensaio, mas na hora do espetáculo ele se envolveu e até chorou. Deixo ele naturalmente curtir se quer ou não seguir esse caminho. Por agora, ele é muito pequeno. Então, acredito que seja uma boa experiência para ele trabalhar a disciplina, a timidez e a criatividade.

Expr.: Nos cinemas já participou de diversos longas, entre eles, Os Normais 2 – A Noite Mais Maluca de Todas, Avassaladores, Malu de Bicicleta, Vai Que Cola – O Filme, O Guerreiro Didi e a Ninja Lili. Também foi diretora no longa Pulso, lançado em 2016. Trabalhar do outro lado das câmeras também a fascina?
D.S.: Muito! Hoje é minha grande paixão. Cada projeto que desenvolvo, já estou pensando em outro. É uma experiência completamente diferente concretizar suas ideias em imagens! Cinema certamente é onde quero estar!

Danni Suzuki – Foto: Adalto Jr.

Expr.: Mãe, atriz, apresentadora, diretora e voluntária. Como faz para dar conta de tantas atividades ao seu dia a dia?
D.S.: Medito, rezo, trabalho minha inteligência emocional e peço a Deus para me dar saúde, muita sanidade para equilibrar minha vida e desejos profissionais com meu bem-estar e minha família. Me alimento bem, faço exercícios e coloco amor em todas as coisas.

Expr.: Aos 40, você tem um corpo exuberante. Como são seus cuidados com o corpo? Tem alguma dica para os leitores da Expressão?
D.S.: Bebo muita água, me alimento de orgânicos, faço esportes! A gente é o que come definitivamente. Então, não tem muito segredo. É se alimentar bem e fazer exercícios (risos).